• Alho-poró

Nova Zelândia e o plástico


Governantes de vários países estão encontrando medidas para ajudar o planeta. Banir o uso de utensílios plásticos é um ótimo começo para diminuir o acúmulo de lixo.

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, anunciou este mês que lojas e mercados do país terão até o começo de 2019 para abandonar a distribuição de sacolas plásticas. Os estabelecimentos que não seguirem a lei, correm o risco de pagar até 100 mil dólares neozelandeses (cerca de R$250 mil).

Jacinda Ardern afirmou que “Todo ano usamos centenas de milhões de sacolas descartáveis. Uma montanha delas, e muitas acabam poluindo nossos preciosos ambientes costeiros e marinhos, causando sérios problemas à vida marinha. E isso tudo enquanto há alternativas viáveis tanto para comerciantes quanto consumidores”.

Dezenas de países já proibiram o uso de sacolas plásticas, de acordo com a ONU. Bangladesh foi o primeiro, em 2002, quando descobriu que o material era o principal responsável pelas constantes enchentes. França, África do Sul e Ruanda também são países que banem a distribuição de sacolas.

Fontes: Hypeness e Menos 1 Lixo


7 visualizações

(47) 99666-1092 ou clique aqui: https://wa.me/5547996661092

contato@alho-poro.com

De seg. a sexta das 9h às 12h e das 13h às 18h

Atendimento em todo o Vale Europeu

Acompanhe nosso trabalho também em: