• Alho-poró

Trabalhar remotamente. É bom para a empresa?

O trabalho remoto é algo que em muitos países já é algo bastante comum e no Brasil cada dia que passa ficamos sabendo de uma empresa que implantou ou de um amigo que está trabalhando desta forma. Para se ter uma ideia, 89% dos profissionais no Brasil consideram importante que um ambiente de trabalho ideal tenha tecnologias que permitem que os colaboradores interajam remotamente. O dado é de um estudo realizado pela Dell e Intel, Future Workforce Study (Estudo sobre o Futuro da Força de Trabalho).


Um dos motivos é poder evitar trânsito. Tanto o tempo perdido como o gasto com transporte ou o risco de algum acidente no trajeto.


Já temos a primeira vantagem: No trabalho à distância, você pode escolher horários e locais para produzir.



A segunda e principal vantagem para empresas: aumento de produtividade.


As distrações no ambiente de trabalho são regularmente citadas como um dos maiores problemas da produtividade no dia a dia. Uma pesquisa organizada pelo SurePayroll indicou que 61% dos entrevistados acreditam que colegas de trabalho barulhentos são a maior distração no dia a dia.


Entre conversas em voz alta e reuniões improvisadas de última hora — que os entrevistados apontam como outra grande distração —, fica claro que o modelo tradicional de um escritório não funciona para muitos. Um estudo realizado pela Canada Life mostrou que, numa escala de 0 a 10, o nível de produtividade de quem trabalha remoto é 7,7 enquanto o de funcionários em um ambiente tradicional é de 6,5.


Outro fator importante que deve ser levado em consideração é que a empresa - de modo geral - terá colaboradores mais felizes, o que também irá gerar aumento produtivo. O motivo é simples: Já que você pode escolher horários, é possível realizar projetos pessoais em horários que antes (nos modelos tradicionais das empresas) não era possível. Por exemplo começar um curso de idiomas, fazer atividades físicas, passar mais tempo em família e qualquer outro hábito de empreendedor.


Terceira vantagem: Fidelização à empresa. A rotatividade de funcionários é algo custoso e que demanda muito tempo. Em média, demora-se cerca de 36 dias para substituir um funcionário. Entre ter um aumento de salário ou a possibilidade de trabalho remoto, cerca de 36% dos profissionais escolheram o trabalho remoto.


Algo que muitas grandes empresas em nossa volta ainda não se deram conta e estão perdendo ótimos profissionais e por consequência qualidade de trabalho por isto: os profissionais estão preferindo ambiente de trabalho do que salários altos.


Quarta: Redução de custos.


Empresas como a American Express, por exemplo, ao implantarem o trabalho remoto e reuniões online ou por telefone entre funcionários viram uma economia de cerca de 10 milhões de dólares em gastos anuais com imóveis. O Banco Inter, cliente do BeerOrCoffee, também testemunhou uma redução significativa de custos, como você pode ver no vídeo abaixo:



Fontes:

http://www.dell.com

https://www.surepayroll.com

https://www.canadalife.com

https://vidadecoworking.com

https://canaltech.com.br

https://www.officeless.cc







0 visualização

(47) 99666-1092 ou clique aqui para abrir no WhatsApp

contato@alho-poro.com

De seg. a sexta das 9h às 12h e das 13h às 18h

Atendimento em todo o Vale Europeu

Acompanhe nosso trabalho também em: