• Alho-poró

Como criar Conteúdo de Resultado?

Primeiro: tem que entender que você não pode vender o tempo todo. É fato! Quando a tua agência solta tanta dica sem vender o seu produto, é porque isso funciona.

É uma estratégia a medio/longo prazo, mas é a forma certa de fazer marketing digital. E eu vou te explicar porque:

No marketing sempre temos que pensar na jornada de compra do consumidor.

Que é: primeiro eu quero conhecer a marca e saber o que ela oferece. Depois eu vou namorar a marca, vou ver se ela pensa como eu, se ela entende do que eu preciso. E só então, quando eu confiar na marca, eu vou comprar.


Por isso temos que aplicar o famoso funil de vendas. Que a gente já viu na LIVE sobre anúncios que fizemos lá no perfil do nosso Instagram (@alhoporomkt).

No conteúdo, vamos seguir a mesma lógica:

  • Vamo criar posts apresentando a minha empresa;

  • Depois posts de dicas, passo a passo, vou mostrar meu conhecimento;

  • E então vamos oferecer o produto/serviço.

Imagem de https://comunidade.efeitoorna.com/blog/as-pessoas-recorrem-ao-instagram-em-vez-do-google

Separamos 10 pontos sobre geração desses conteúdos que vai ajudar vocês a saberem como deve ser o comportamento da sua marca nas redes sociais:


Encontrar a sua própria voz:

Você sabe dizer como é seu atendimento, como você quer ser visto no mercado, o que te diferencia dos concorrentes… com isso, um bom profissional de marketing vai elaborar a voz da marca, definindo a linguagem a ser falada.

A agência vai postar coisas polêmicas ou vai ser o politicamente correto?

Pode ter palavrão? Pode aparecer questões pessoais? Com que frequência?

Isso tudo faz parte da estratégia para encontrar a sua voz.

Descer do pedestal:

Não queira mostrar no seu conteúdo que você é mais foda do que os outros, isso não vende!

A agência tem que mostrar o seu conhecimento e profissionalismo através de exemplos e de dicas.

A marca tem que se mostrar aberta a ensinar… em todo o segmento é igual, um profissional pode entregar dicas básicas sobre o seu trabalho que não irá perder mercado por isso. Talvez perca alguns clientes que só queriam o básico, mas vai ganhar clientes que querem o melhor.


Meu público tem interesse nisso?

Essa é a principal pergunta que devemos fazer quando estamos avaliando o conteúdo da nossa marca.

O que está sendo postado, vai ajudar as pessoas que me seguem de alguma forma?

Essa é a melhor forma, o segredo, para mostrar que somos bons no que fazemos.

Ser útil:

Conteúdo bom é conteúdo que nos ensina algo.

Não vamos postar apenas dicas, lógico que vamos postar produto também. Mas 80% é conteúdo útil, dica e história. 20% é produto. E mesmo assim, nesses 20%, vamos focar em mostrar como o seu produto é útil, ok? Marketing bem feito é aquele que soluciona um problema do consumidor, sempre.



Sair da bolha / ser diferente:

Cobre a sua agência que saia das suas redes sociais, dos seus concorrentes e das suas inspirações. O profissional que gera conteúdo, tem que ter tempo para buscar referências em outras áreas.

Vai ver conteúdo de viagem, comida, moda, beleza, saúde… é ótimo para encontrar novas sacadas que podem ser adaptadas para o seu segmento.

Com novas sacadas, a gente se diferencia da maioria.

Criar diálogo:

Por mais que às vezes pareça, mas as redes sociais não são um monólogo.

A ideia é criar interação com o público… fazer perguntas no post, pedir que as pessoas curtam, comentem, respondam, façam perguntas…

Mesmo que muitas vezes vamos falar sozinhos, é dessa forma que vamos criando proximidade… uma hora o povo cria coragem e participa. E quando eles estiverem participando, você vai estar criando um RELACIONAMENTO com o cliente, além de aumentar sua relevância para o algoritmo.

Lembre-se que as pessoas precisam de tempo de convívio para criar afinidade e confiança Isso acontece da mesma forma no relacionamento com a marca.

Qual o melhor formato para a minha ideia?

Aqui é um dos segredos de quem tem um profissional gerenciando as redes sociais. Porque, depois de levantar os conteúdos de qualidade, você tem que saber como apresentar.

No geral, bem geral:


Story: dia a dia da marca, dicas curtas e promoções.


Reels: dicas mais detalhadas, conteúdo perene, que a pessoa vai ter interesse em ver por muito tempo, passo a passo, resumo de bastidores, resumo de lives…


Carrossel: mais ou menos o mesmo conteúdo do Reels só que em forma de texto e imagem… para facilitar a pessoa a ler, reler e gravar a informação.


Post de imagem: conteúdo que só precisa de uma boa chamada.


LIVE: aqui é um conteúdo mais longo e de forma que abre espaço para as pessoas te pedirem o que elas querem saber ontime. De novo, não desista porque poucas pessoas assistiram e nem porque as pessoas não perguntaram nada. Mostre que você está aberto para começar um relacionamento.

A legenda gera impacto e curiosidade?

A imagem/vídeo é o primeiro passo para encantar o publico. Depois vem a legenda para passar mais detalhes e levar até o final do texto, que normalmente é uma chamada para ação.

Tem uma fórmula pronta, mas que nem sempre é a certa (tem que avaliar conteúdo a conteúdo):

Qual a dor do meu cliente / o que eu posso fazer para ajudar / chamada para ação

Chamada para ação:

Existem várias chamadas, é importante não pedir que a pessoa faça tudo em um post. Sempre devemos escolher UMA ação, a que combine mais com o conteúdo.

Exemplos de ações: seguir o perfil para mais dicas, compartilhe ou marque alguém que precisa saber disso, salve para sempre dar uma espiada quando precisar, clica no link da bio para ver mais detalhes, me chama no direct e vamos conversar…

Por último, mas muito importante tenha

Perseverança

Persistência

Continuidade


Gostou desse post? Segue nosso perfil no Instagram que temos muitas dicas rolando por lá!




1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Defendemos que a geração de conteúdo nas redes sociais e blogs são diretamente ligadas ao crescimento de reconhecimento e venda da sua marca. Porém, uma forcinha para aumentar o alcance de um site não